+55 12 3909-2920

home  >   Cases

Emily Shinzato
Sócia e Co-fundadora

Treevia – Forest Technologies

Boas práticas com fornecedores

Boas práticas com Fornecedores

Todo negócio desenvolve vários fornecedores ao longo do tempo, será que as empresas realizam contratações mais adequadas? Aproveitam ao máximo o potencial de seus fornecedores? Vejam as dicas para obtenção dos melhores resultados com seus fornecedores.

 

1 – Cadastro

Na correria do dia a dia a escolha de um fornecedor geralmente ocorre pelo fator determinante preço. Cuidado! Nem sempre o menor preço é oferecido pelo melhor fornecedor. Uma dica é você verificar a situação cadastral do fornecedor, para minimizar os riscos. Através da análise cuidadosa do cadastro será possível verificar se o mesmo está legalmente habilitado, além de ter referências com outros clientes. Neste sentido, também é importante mapear o nível de compromisso com as entregas, retorno e atendimento.

 

2 – Qualificação

Defina critérios de qualificação de seus fornecedores, avalie:

– Acessibilidade: fornecedor de difícil acesso demandará mais da rotina da empresa;

– Transparência: isto é fundamental na solução de problemas e ítem essencial de um fornecedor nos dias atuais;

– Simplicidade: o fornecedor é o especialista no assunto, ele precisa traduzir a linguagem técnica em uma linguagem clara para todos.

 

3 – Avaliação

Estipule uma avaliação anual de seus fornecedores. O mundo está em um ritmo alucinante e novidades aparecem o tempo todo. No processo de avaliação, você pode descobrir alternativas e até sugerir melhorias ao seu fornecedor, caso a parceria de vocês seja ótima para sua empresa.

Veja o fluxo de documentação na aquisição de:

Produto

Normalmente nasce de um orçamento que se torna um pedido e finaliza com a entrega do produto e Nota Fiscal.

Serviço

Primeiro se apresenta uma proposta, que evolui para um contrato e finaliza com a entrega do serviço e Nota Fiscal de Serviço.

 

Sobre a Treevia Forest Technologies

A Treevia Forest Technologies é uma startup de base tecnológica com o objetivo de oferecer ao setor florestal, tecnologias disruptivas para a automação florestal e que contribuam para o futuro sustentável das florestas. Com esse objetivo, a empresa está criando uma família de sensores sem fio (IoT – Internet of Things) que permitem o monitoramento remoto dos ativos florestais ao longo de todo o ciclo produtivo de uma floresta.  Os dados obtidos em campo por estes sensores são enviados para uma plataforma Web, onde as mais recentes técnicas de Machine Learning e BigData Mining estão disponíveis para extrair o máximo de informações dos ativos florestais e, desta forma, subsidiar a tomada de decisão por gestores florestais. Em resumo: A startup conecta as florestas na internet e escuta o que elas têm a dizer.

 

A Treevia é listada no Ranking 2017 do Movimento 100 Open Startups – plataforma internacional que conecta startups a grandes empresas – como sendo uma das 100 startups brasileiras mais atraentes na visão do mercado e prontas para receber investimentos, além de ser considerada a preferida no setor de Agronegócio e Alimentos.

Desafio

As startups lidam com o grande desafio de se adequarem rapidamente a todas as exigências legais e burocráticas, conforme seus produtos ou serviços evoluem, principalmente por estarem constantemente na busca do modelo de negócios ideal e escalável. O foco de seus dirigentes fica dividido entre o desenvolvimento da inovação, tornar o produto viável para o mercado e a papelada necessária para colocar sua idéia disponível para venda.

 

Sendo uma startup de base tecnológica, naturalmente ela é criada por profissionais ligados a alguma área técnica, origem da ideia inovadora, e não necessariamente com dirigentes que possuem conhecimento profundo sobre os processos burocráticos no país.

Tornar-se empreendedora e garantir que a ideia inovadora seja transformada em um produto mínimo viável  já é um enorme desafio, lidar ainda com toda a burocracia que as empresas brasileiras têm que superar, torna cada dia ainda mais desafiador.

Por isso escolhemos o Grupo Fatos, pois, além de ser referência em São José dos Campos, é uma empresa comprometida, responsável e pronta para auxiliar frente às diversas dúvidas. Isso parece normal aos olhos de quem vê, mas que fizeram toda a diferença,  principalmente para quem está começando a empreender e não se sente totalmente seguro para tomar algumas decisões.

O apoio do Grupo Fatos se deu desde o nascimento da startup, passando pela escolha dos CNAEs, até a emissão das notas fiscais. Todos os passos foram acompanhados nos mínimos detalhes pelos especialistas, o que nos transmitiu toda a segurança e certeza de que estávamos indo no caminho certo.

A emissão de nossa primeira Nota Fiscal foi uma conquista para nós. Ufa! Quantos desafios e aprendizados! Como toda rotina é composta de detalhes, neste caso, os detalhes fizeram toda a diferença para nós. Sem o apoio do Grupo Fatos para a emissão da NF poderíamos ter ficado em maus lençóis com o nosso primeiro cliente, pois o mesmo havia nos dado curtíssimo prazo para a emissão da NF.

O apoio dos fornecedores escolhidos por nossa empresa certamente refletirá nos resultados finais dos nosso produtos e serviços.

Solução

A vantagem que as empresas tem ao contratar um fornecedor consolidado e com pessoal capacitado é a segurança nas suas ações, e o fato de não ficar refém de um único profissional. No caso da Treevia, a empresa foi auxiliada por diversos especialistas do Grupo Fatos na emissão da sua primeira NF, rotina ainda desconhecida pela startup.

Outros cases